domingo, agosto 07, 2011

Os Personagens mais cafonas da TV

Em quase toda novela ou série há um personagem brega. Seja por seu jeito de se vestir, de falar ou até por suas atitudes.




A primeira da nossa lista é Clô da novela “Passione”. A perua é tão cafona que se veste com penas e sapatos altos para ficar em casa, e exagera no modelito a cada evento que presencia. Embora odeie o apelido, a loira é carinhosamente chamada de “Rainha do Lixo” e aceita o título por seu amor por Olavo (Francisco Cuoco). Além disso, ela não gosta nadinha se lembrar de onde veio e só pensa no que os vizinhos do Jardim América podem achar e fofocar sobre ela.


Agostinho é um dos personagens mais cafonas da telinha. O genro mais falante e trapaceiro de “A Grande Família” é sempre visto com roupas pra lá de estampadas. Mas o problema não é a quantidade de estampas, e sim a facilidade com que o marido de Bebel mistura tudo: é camisa, cinto, calça, sapato, paletó, gravata tudo diferente.


Quer coisa mais cafona do que aqueles laços enormes amarrados no cabelo, vestidos estampados, batom vermelhão, colares e brincos gigantes? A viúva Porcina sem dúvida foi um personagem pra lá de cafona. A moça, interpretada por Regina Duarte, fez sucesso com sotaque e jeito de se achar uma viúva, mesmo não sendo, em "Roque Santeiro"


Sempre com um lenço amarrado no pescoço, sapatos coloridos e brilhantes, calça e paletó sem o mínimo de combinação, Jacques Leclair é um candidato forte ao posto de Cafona da TV. O estilista de “Ti-Ti-Ti” projetava a sua cafonice em suas criações, até que surgiu Jaqueline, vivida por Claudia Raia, para dar uma mãozinha em seus looks. Atualmente, o casal está separado e o último desfile de Leclair foi uma catástrofe.


Somente com um pedaço do cabelo e todo o bigode tingidos de loiro, Foguinho era um cafona em potencial. Apaixonado por Ellen, vivida por Taís Araújo, e querendo sempre conseguir fortuna e status para conquistar o coração da moça, Foguinho tentava ser chique, mas ficava ainda mais brega. O personagem de Lázaro Ramos era capaz de usar uma camiseta laranja com um paletó azul escuro, gravata vermelha e lenço amarelo... Pode?


Com vestidos bem decotados, aquele cabelo à la Amy Winehouse do Rio de Janeiro, a cabeleireira de “A Grande Família” fazia feio quando o assunto era ser chique e fina. Saindo com Paulão e Mendonça ao mesmo tempo, Marilda fazia a cabeça dos homens mesmo com aquele exagero de acessórios – grandes – e maquiagem.



Dinheiro pode não comprar felicidade, mas é capaz sim de transformar o visual de uma pessoa. Que o diga Aninha, personagem de Mariana Ximenes em "Chocolate com Pimenta". No início da trama, a jovem usava óculos redondas, cabelo preso de cachos ou com um arco de trança. Beeem brega. Mas a fofa ficou deslumbrante como viúva e rica.




E o que dizer de Bebel em Paraíso Tropical,uma roupa mais esquisita do que a outra,na minha opnião até agora ela foi a campeã: Ela sim foi a pesonagem mais cafona da TV!



Nenhum comentário:

Postar um comentário